Trevas_.jpg

Para cadastrar projetos, cópias finais e reservar equipamentos, clique em Sistema no menu.

Durante a pandemia a universidade não está parada.

Gostaríamos de compartilhar um pouco do que temos feito no Departamento de Cinema da UFF, no âmbito das graduações, e no PPGCine - Programa de pós-graduação em Cinema e Audiovisual.

A totalidade dos professores continua suas orientações de Pós-graduação e de trabalhos de conclusão de curso de graduação. Muitos professores têm oferecido orientações de leitura e de obras audiovisuais para alunos das disciplinas que não chegaram a ter início no semestre. Além das constantes orientações em processos de escrita, montagem e realização de filmes. Acabamos de preparar também uma incompleta lista de 120 filmes fundamentais para os estudos de cinema.

Não cessaram, obviamente, todos os trabalhos dos docentes em espaços de representação, muito atuantes nesse novo momento da universidade. Atenta aos alunos, acabamos de sistematizar um questionário sobre suas condições matérias e emocionais durante a pandemia, nos permitindo saber como e onde atuar em apoio aos discentes.

Na pós-graduação, com a exceção de pesquisas que são feitas com trabalhos de campo, todas as outras continuam a ser desenvolvidas, o que se reflete na preparação e publicação de livros e artigos, pareceres para periódicos acadêmicos, congressos e da continuação da Revista do Programa de pós, C-Legenda. Além de todas as demandas das agências de fomento que não cessaram durante a pandemia.

Também na graduação o departamento possui uma revista com quase 10 anos, Revista Rascunho, que continua ativa com dois novos números sendo preparados.

Os trabalhos ininterruptos dos grupos de estudo, semanais ou quinzenais, fazem importantes pontes entre a pós-graduação e a graduação. Durante a pandemia, grupos como "América Latina, textos fundadores", “Nietzsche, Deleuze e processos subjetivos” e “Quadro a Quadro” continuam ativos com ampla participação de discentes.

Os professores são ainda procurados pelos alunos para orientações de leitura e de filmografias específicas, o que vem também sendo feito. Os próprios alunos, com eventuais ajudas e orientações dos discentes, tem produzido podcasts, lives, grupos de estudo e trabalho.

Alguns dos professores do departamento são também solicitados como experts em suas áreas, uma vez que essas áreas estão diretamente afetadas pela pandemia. Como, por exemplo, a educação e as práticas pedagógicas, a produção audiovisual, as políticas públicas e regulação do setor em época de pandemia, etc. Em todas essas áreas os docentes do departamento de cinema vêm atuando em palestras, debates, curadoria

de filmes e orientações. Devemos ter em mente como o campo das artes e da cultura têm sido importante durante o isolamento social.

Garantimos ainda que os alunos estejam informados sobre a atual situação da Cinemateca Brasileira, fundamental em nossos trabalhos e para o país.

Isso tudo aponta para como na universidade vem se produzindo um saber sobre como lidar com os efeitos da crise que vivemos.

Nessa exigente produção de novos saberes e metodologias durante a pandemia, podemos citar, entre outras, as ações "Saberes domésticos" e “Cinema e Práticas de Cuidado”, ambas com encontros semanais. "Saberes domésticos" busca compreender a sabedoria do cotidiano, por mais banal que seja, e pensar que qualquer prática presente nas nossas rotinas domésticas pode ser experimentada como lugar de sensibilização e produção de pensamento sobre o mundo. “Cinema e práticas de cuidado” investiga com alunos de graduação e pós, as possibilidades do cinema participar de dispositivos clínicos e de cuidado através da produção de imagens e sons em grupo.

O departamento mantém ainda projetos de extensão que, apesar da pandemia seguem atuantes através de reuniões, grupos de estudo e pesquisa. É o caso do projeto "Niterói em imagens", em parceria com docentes e discentes, aprovado em edital da parceria UFF-Prefeitura de Niterói, do projeto de Cooperação em pedagogias do audiovisual, com o Uruguai, financiado pela Agência Brasileira de Cooperação Internacional (ABC), de cineclubes como o Sala Escura, com encontros mensais e da Incubadora de projetos, Aracy, que vem promovendo encontros e lives entre alunos e ex-alunos dos cursos de cinema, além de estar organizando oficinas com professores aposentados e desenvolvendo projetos documentais para a TV com ex-alunos, patrocinados pela Prefeitura de Niterói.

Longe de ser completo, esse breve apanhado dos trabalhos do departamento nos mostra como, apesar de todas as adversidades, a responsabilidade dos docentes e técnicos com os alunos permanece inalterada.

Todas essas ações são a continuidade da natureza de nossos trabalhos como professores e pesquisadores, pois nossa atuação se dá para além do fundamental momento em sala de aula.

Nosso trabalho está modificado temporariamente pelo contexto imposto pela pandemia, mas ele segue sendo realizado. Essa responsabilidade tem nos levado a produzir e criar formas de continuar nossos trabalhos, sem deixar de atentar para as grandes dificuldades diante da pandemia que hoje toca muitos de nossos alunos e profissionais.

Departamento de Cinema e Audiovisual – UFF

Programa de pós-graduação em Cinema e Audiovisual – UFF

O caderno de optativas do 1º semestre de 2019 já está disponível! Acesse.

 

A seguir, as datas, horários e locais das bancas dos trabalhos de conclusão de curso de 2018.2 para Licenciatura.

Links Úteis