Imprimir

 Nelson Pereira dos Santos com várias gerações de ex-alunos do Curso de Cinema da UFF

 Nelson Pereira dos Santos com várias gerações de ex-alunos do Curso de Cinema da UFF

 O Departamento de Cinema e Vídeo da Universidade Federal Fluminense, através de seus professores, professoras, alunos, alunas, funcionários e funcionárias, com muito pesar lamenta o falecimento de seu fundador, o professor e cineasta Nelson Pereira dos Santos, ocorrido em 21 de abril de 2018.

E relembra seu Mestre maior que, com 39 anos, ao inaugurar o Cine Arte UFF em 12 de setembro de 1968, também lançava as bases do que viria a ser o embrião do futuro Curso de Cinema da UFF. O cineasta-professor vinha, então, de uma experiência abortada pelo regime militar quando a ditadura fechou o pioneiro Curso de Cinema da Universidade de Brasília depois do Golpe de 1964. Quando Nelson criou o nosso curso, já possuía uma carreira nacional e internacionalmente reconhecida a partir do movimento de renovação também por ele iniciado, em filmes inaugurais do que viria a ser o Cinema Novo como Rio 40 graus (1955), Rio Zona Norte (1957) ou Vidas secas (1964).

Para além do pioneirismo de suas iniciativas, tanto na realização cinematográfica, quanto na compreensão da necessidade de formar quadros para o trabalho com o audiovisual, sua inserção em nossa trajetória acadêmica estará sempre relacionada às lutas pela melhoria do ensino, pela conquista de condições adequadas e infraestrutura técnica para o Curso de Cinema, pela presença sempre pontual em momentos decisivos de transformações pedagógicas que deram autonomia e segurança ao nosso Curso. Porém, mais que tudo, fica para todos nós um exemplo insubstituível da grandeza de um ser humano íntegro, lutador e sempre afetuoso.

Departamento de Cinema e Vídeo
Instituto de Arte e Comunicação Social
Universidade Federal Fluminense